FAÇA UMA COTAÇÃO FALE CONOSCO ASSINE A NOSSO NEWSLETTER TRABALHE CONOSCO

BLOG

Home > Blog > Gestão de Manutenção > Qual a diferença entre uma manutenção…
Gestão de Manutenção

Qual a diferença entre uma manutenção corretiva planejada e não planejada?

Por Kryzalis

Quando ocorre uma falha, um mal funcionamento ou até a paralisação de um equipamento é necessário fazer uma manutenção corretiva, esta como o nome já diz é uma correção perante a um erro. Corretiva vem da palavra Corrigida, o ato de corrigir algo. Mas até mesmo a manutenção corretiva pode ser planejada.

Manutenção Corretiva Não Planejada 

Uma manutenção não planejada acontece de forma aleatória, normalmente, é feita às pressas sendo necessário um alto custo para realizá-la, pois causa perdas de produção; a extensão dos danos aos equipamentos é maior.

Manutenção Corretiva Planejada 

Já a manutenção corretiva planejada ocorre quando se identifica um erro mas conseguimos minimamente planejar o seu reparo diminuindo os custos, ou seja, o problema apareceu de forma não planejada, mas a solução pode ser feita planejada.

Vale a pena fazer uma manutenção corretiva?

A manutenção corretiva não é algo que podemos escolher não fazer, afinal, uma vez que o problema apareceu a manutenção de correção precisa ser feita. Uma boa gestão de manutenção seja predial ou industrial, atua de forma preventiva e corretiva, a manutenção preventiva tem como premissa encontrar possíveis erros e corrigi-los antes que o aconteça, uma vez que a manutenção preventiva é feita de forma periódica e por profissionais qualificados, a manutenção corretiva ocorre cada vez menos.

Vale a pena terceirizar a manutenção corretiva? 

Tanto a corretiva quanto a preventiva podem e devem ser terceirizadas, a terceirização da manutenção predial e industrial tem vários benefícios.

1 – Até 30% de redução no custo final;

2 – Sem preocupações com 13º, rescisões, encargos diretos e indiretos;

3 – Expansão sem grandes investimentos de manutenção

4 – Maior agilidade, flexibilidade e competitividade;

5 – Maior eficiência na cadeia produtiva;

6 – Controle de qualidade assegurado pelo fornecedor;

7 – Redução dos níveis hierárquicos e controles;

8 – Equipamentos de proteção individual e uniformes adequados;

9 – Transferência da responsabilidade trabalhista, fiscal e tributária;

10 – Parcelas fixas e sem custo adicional;

11 – Diminuição dos recursos investidos em infra-estrutura

12 – Treinamento e desenvolvimento de pessoal e reciclagem periódica;

13 – Substituição de equipamentos em caso de danos ou falha;

14 – Transferência de serviços secundários, proporcionando flexibilidade.

Conclusão

A manutenção preventiva seja ela planejada ou não planejada é um índice se sua gestão de manutenção está indo para um bom ou mal caminho, quanto menos manutenção corretivas aparecer significa que sua indústria ou prédio estão atuando com uma manutenção ativa prevendo erros futuros e consequentemente economizando dinheiro.

Siga-nos em nossas redes sociais: instagramfacebook e linkedin

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR DESTES ARTIGOS:

Mais em Etig

Vale a pena terceirizar a manutenção da minha empresa?

Como aumentar a vida útil dos equipamentos de industria?

Cuidar dos nossos nos faz crescer

Manutenção Preditiva, preventiva ou corretiva, qual a melhor?

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *