FAÇA UMA COTAÇÃO FALE CONOSCO ASSINE A NOSSO NEWSLETTER TRABALHE CONOSCO

BLOG

Home > Blog > Gestão de Manutenção > Manutenção Preditiva, preventiva ou…
Gestão de Manutenção

Manutenção Preditiva, preventiva ou corretiva, qual a melhor?

Por Equipe Etig

Manutenção Preditiva, preventiva ou corretiva, qual a melhor? Ao longo da história, a manutenção industrial e predial sofreu muitas modificações até chegarem aos mais sofisticados processos atuais. Com o passar dos anos, novas tecnologias foram incorporadas e novos processos, técnicas e procedimentos foram desenvolvidos.

Manutenção Preditiva, preventiva ou corretiva, qual a melhor?

Essas novas tecnologias fizeram com que as manutenções e reparos se tornassem mais eficazes e rápidos. Se antes era necessário esperar o problema acontecer para poder tentar achar a melhor solução hoje já existe tipos de manutenções que preveem os problemas antes mesmos deles acontecerem seja por tempo, uso e desgasto de uma peça ou até mesmo por sensores modernos que mapeiam 24 horas as máquinas de forma segura sem nem precisar encostar nela.

Atualmente, existem três tipos de manutenção a preditiva, preventiva ou corretiva, cada uma delas possuem maior destaque e aplicação: a manutenção corretiva, a manutenção preventiva e a manutenção preditiva, e neste artigo abordaremos sobre cada uma delas, as suas diferenças e quando cada uma delas devem ser usadas.

Manutenção corretiva:

A manutenção corretiva é a mais antiga das manutenções, esse tipo de manutenção existe desde antes da Segunda Guerra Mundial onde as indústrias não eram mecanizadas e os reparos nas máquinas e equipamentos só aconteciam quando existiam uma peça quebrada ou um mal funcionamento. Já no âmbito Predial, a manutenção corretiva acontece quando a um problema no prédio como por exemplo uma infiltração.

– Como funciona a manutenção corretiva?

Como o próprio nome já diz, a manutenção corretiva atua a partir de uma necessidade de corrigir uma falha, quando se falamos em manutenção corretiva para indústrias esse tipo de manutenção é o mais problemático visto que dependendo do problema que for descoberto a paralisação daquela máquina pode causar grandes prejuízos para a empresa, já na manutenção corretiva predial, dependendo do problema é necessário isolar uma parte do prédio seja uma sala, um banheiro,  ou algum ambiente onde o problema estiver acontecendo, entretanto, dependendo da manutenção que precisa ser feita a solução é um pouco mais simples e mais fácil de se resolver.

– Tipos de manutenção corretiva:

A manutenção corretiva pode ser dividia em dois tipos distintos.

  • Manutenção Corretiva não Planejada: onde a correção é aleatória de acordo com a falha e muitas das vezes não existe tempo para agendamento e nem uma preparação adequada para realizar o serviço de reparo. É representada por correções de quebras que mantêm máquinas fora de operação. São caras, demandam tempo e levam a perdas de produção ou serviços.
  • Manutenção Corretiva Planejada: essa manutenção ocorre quando é detectado a perda de performance de uma máquina — sendo possível se programar e planejar a intervenção para que ela aconteça da melhor forma possível. Ela é mais barata que as tarefas não planejadas, mas gera perdas pela queda de desempenho dos equipamentos. É aconselhado que seja realizada o quanto antes para evitar que falhas ocorram.

Para nós da Etig, a manutenção corretiva é a última das opções visto que entendemos que uma empresa especializada em manutenção industrial e predial deve ser capaz de prever os problemas antes que aconteçam de modo de reduzir ao máximo a paralisação de uma máquina ou ambiente.

Manutenção Preventiva

Esse tipo de manutenção é muito utilizado pois como o nome sugere visa prever um problema.  Nas indústrias a manutenção preventiva atua evitando quebras e o aparecimento de falhas em máquinas e componentes, já a manutenção preventiva predial atua através de inspeções periódicas para prever futuros problemas.

– Como funciona a manutenção preventiva?

Esse tipo de manutenção funciona de forma periódica, sendo realizadas antes que surjam avarias e falhas, o seu principal objetivo é garantir o funcionamento eficaz e confiável de uma máquina ou de um prédio. Todos os procedimentos preventivos são programados e devem ser realizados de forma periódica, seguindo um intervalo previamente determinado.

  • Manutenção preventiva industrial: geralmente, as intervenções são realizadas de acordo com o uso da máquina, levando em consideração fatores como horas de uso, quilometragem, ciclos de operação e outros.
  • Manutenção preventiva predial: acontece a partir de inspeções seja nas instalações elétricas e hidráulicas, nas áreas comuns, equipamentos de segurança, além da verificação de elevadores, instalações de gás e integridade da cobertura.

– Vantagens da manutenção preventiva

Esse tipo de manutenção não diminui as trocas de componentes em um determinado equipamento, ou não reduz os materiais para se fazer uma reforma, mas permite o uso inteligente dos recursos. Dentre as principais vantagens da manutenção preventiva, pode-se destacar:

  • diminuição das paradas e tarefas corretivas;
  • redução dos riscos e acidentes;
  • diminuição dos custos da manutenção.
  • redução do envelhecimento e degradação dos equipamentos;
  • aumento da vida útil;

Manutenção Preditiva

Sendo considerada a mais moderna manutenção, a Preditiva é uma manutenção que usa a tecnologia para avaliar o cenário e prever quando e qual a melhor forma de se realizar uma manutenção.

Como funciona a manutenção preditiva?

Essa manutenção tem a finalidade de indicar, por meio de softwares e equipamentos, as condições de funcionamento e desempenho de uma máquina em tempo real e as atuais condições das instalações. Ela é aplicada para o acompanhamento de diversas condições, como as elétricas, as mecânicas, as hidráulicas e as pneumáticas.

  • Manutenção Preditiva Industrial: Nas indústrias a manutenção preditiva atua no controle de parâmetros e métricas sendo possível que os responsáveis pela manutenção monitorem a degradação dos equipamentos. Evitando que ocorram perdas para a empresa.
  • Manutenção Preditiva Predial: Através de uma análise proativa, os técnicos utilizam câmeras termográficas, técnicas de ultrassom, testes que avaliam as vibrações e outros dispositivos, assim define-se qual será a periodicidade da manutenção de um determinado equipamento ou instalação.

– Quais as vantagens da manutenção preditiva?

Com essa manutenção temos a possibilidade de previsão das intervenções nas máquinas, eliminar a maioria das inspeções físicas e desmontagem de equipamentos, reduzir as intervenções corretivas, além de uma redução de custos, garantia de confiabilidade do equipamento e seu aumento da vida útil.

Conclusão:

Esperamos que esse artigo tenha lhe a ajudado a entender os três tipos de manutenção (Preditiva preventiva ou corretiva). Afinal, cada uma delas são importantes e atendem necessidades de cada empresa, para saber qual a melhor opção para o seu negócio é necessário a avaliação de um especialista técnico onde através de uma análise ele verificará quais são as primeiras manutenções a serem feitas (normalmente corretivas) e após isso criar um plano de manutenção personalizado para a sua empresa.

Quer falar com um especialista em manutenção industrial e predial? Clique aqui e nos envie seus dados para que possamos entrar em contato contigo.

Siga-nos em nossas redes sociais: instagram, facebook e linkedin

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR DESTES ARTIGOS:

Mais em Etig

Vale a pena terceirizar a manutenção da minha empresa?

Como aumentar a vida útil dos equipamentos de industria?

Cuidar dos nossos nos faz crescer

Manutenção Preditiva, preventiva ou corretiva, qual a melhor?

COMENTÁRIOS:

E
Etig – Manutenção industrial e predial
[…] A manutenção preventiva pode reduzir as contas de conserto de maquinário industrial em 25%. Aqui estão 4 passos simples que você pode começar hoje para melhorar o ROI (Retorno sobre investimento) e prolongar a vida útil da sua máquina industrial. […]
E
Etig – Manutenção industrial e predial
[…] entregar uma demanda mais rápida e eficaz, além de já reconhecer possível erros e atua de forma preventiva evitando custos a longo e médio […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *